Estufa Dona Ulla

Local: Condomínio Parque Frondoso – Cotia – SP

Av. dona Luiza Bonfiglioli 164

Parceiros:

Estufa dona Ulla

Escola da cidade

Possíveis parceiros:

Comissão Pastoral da Terra

Vizinhos do Condomínio

Financiamento:

Estufa Dona Ulla

cobertura financeira do projeto

 

 

Definição/ Nome do projeto:

Estufa Dona Ulla para produção de mudas

Descrição:

Área de 3m X 6m de um terreno onde está sendo construída uma estufa para abrigar o cultivo de mudas diversas

Custo estimado de instalação: R$3000,00

Estrutura: Bambu Gigante e Bambu Brazil

Objetivos: Instalação de sistema de reciclagem de água de chuva e produção de mudas diversas para fornecimento de 1/3 da produção para projetos de hortas urbanas e também para consumo próprio

Publico alvo: Entidades não governamentais que necessitem de mudas para projetos de horta urbana

Processo: Produção de mudas para plantio de hortas urbanas e comercialização do excedente produzido

 

Etapa 1

1)Coleta/transporte/tratamento dos bambus utilizados na construção da estufa

2)Utilização de mão de obra especializada para preparação do terreno com corte de curva de nível onde serão instaladas as bandejas de mudas

3)Montagem das estruturas por meio de workshops coletivos

4)Instalação dos módulos de captação de água pluvial para irrigação por gotejamento

5)Plantio das sementes nas bandejas

Etapa 2

1)Manejo da produção de mudas

2)Separação de 1/3 da produção para coleta das mudas destinadas às entidades parceiras da plataforma

3)Identificação de canais de escoamento do excedente da produção

Levantamento físico (2 pessoas)

Ante projeto (2 pessoas)

Projeto executivo edificação (4 até 9 pessoas)

 

Metodologia

Manejo agroecológico biodinâmico

Premissa básica nesse projeto, prevê a adoção responsável de insumos cuja cadeia produtiva seja ambientalmente correta, socialmente justa e economicamente viável. Certificação Participativa e IBD – ABD

Recursos necessários:

Recurso humano: (Mão do obra)

Projetistas – arquitetos – engenheiros – designer – assessor permacultural (mudas e água) e colaboradores em geral.

Recurso material:

Material civil (obra) bambu, telas de sombreamento, fios de aço, cimento, areia, cal, brita, barras de rosca, parafusos, porcas, ferramentas.

Material para instalações verdes: bandejas apropriadas para mudas,mangueiras diversas, recipientes apropriados para captação e armazenamento de água pluvial, sementes, ferramentas; equipamento de proteção para os trabalhadores (EPI);

 

Post-mortem

Feedback dos parceiros presentes no Workshop (Marcelo e Célia Pawel)

Pontos negativos

1.Evitar desperdício de material, alguns itens forma comprados mas não foram utilizados

2.Listar material a ser comprado e checá-lo antes da realização do workshop

3.Organizar as ferramentas e definir um ponto de retorno após seu uso para evitar que se gaste tempo procurando pelo item “desaparecido”

4.Estabelecer um horário de encerramento da oficina e iniciar meia –hora antes a limpeza de todos os ambientes utilizados no workshop

5.Enviar material teórico para o grupo alguns dias antes do workshop para que os participantes possam estuda-lo e ter mais condições de acompanhar as palestras

6.Organizar melhor as caronas, especialmente para aqueles que dependem de ônibus, uma vez que no final de semana eles demoram muito mais para passar pelos pontos.

7.Dar maior atenção ao cardápio e checar entre os participantes quais são suas preferências, restrições e tipo de dieta alimentar que adotam (vegano, orgânico, row food etc)

8.Fazer um melhor planejamento de custos

Pontos positivos

1.interação com os participantes do workshop

2.finalização das tarefas programadas

3.comprometimento dos participantes para o próximo workshop com o objetivo de finalizar a estufa

4.interesse de visitação ao local quando estiver pronto

Feedback do corpo técnico

1.Realizar uma oficina de capacitação dos membros do GT Hortacidade, adquirir conhecimentos técnicos necessários para a execução e organização dos Workshops

2.Faltou a organização na realização do Workshop, como providenciar as ferramentas adequadas, necessidade de um cronograma de cada atividade, o tempo foi curto para executar todo o projeto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *